CINCO RAZÕES PARA VOTAR «NÃO» NA AG DE 28 DE MAIO

27 de Maio de 2008 – 3:15

1. PERDA DA MAIORIA NA SAD

Deixamos de poder interferir na gestão do futebol. A SAD passa a ter mais administradores nomeados pelos diferentes accionistas do que pelo Clube, cuja posição passa a ser minoritária na gestão corrente: compras e vendas de jogadores, escolha de treinador, etc.. Os sócios perdem a possibilidade de escolha de quem manda no futebol!

Mais: as acções de categoria A não são garantia de controlo porque apenas asseguram direito de veto em algumas matérias extraordinárias. Além disso, este tipo de acções privilegiadas está sob mira da União Europeia, por violarem a liberdade de circulação de capitais. O risco é enorme: se as acções privilegiadas deixarem de ser admissíveis, o Sporting perderá toda e qualquer influência na SAD e tornar-se-á um accionista igual aos restantes.

2. PASSAGEM DA ACADEMIA PARA A SAD

Hoje o Clube tem apenas como património o Estádio e a Academia. Com esta proposta, o Sporting abdica do seu património com maior capacidade de valorização! A direcção está a subavaliar um imóvel que, pela influência da construção do novo aeroporto, poderá ter uma valorização enorme nos próximos anos. Porquê transferir essa potencial mais-valia do Clube, que é dos sócios, para uma SAD em que o Clube ficará minoritário?

Além disso, a grande fonte de receitas nos últimos anos têm sido os talentos da Academia. Sem essa fonte de receitas, como é que o Sporting (Clube), vai ter receitas para pagar o seu Passivo? É que, futuramente, o dinheiro das vendas passará a ficar quase todo numa SAD que já não pertence aos Sócios.

3. PERDA DO ECLETISMO

Esta direcção assume claramente que a aposta está no futebol. O pavilhão deixa ser uma prioridade, assim como as modalidades que fizeram do Sporting um dos maiores Clubes do mundo.

Depois da venda dos terrenos do antigo estádio, do património não desportivo (EVA, Alvaláxia, etc.), e agora da própria SAD, o que resta ao nosso Clube? Nem sequer as modalidades, orfãs de um pavilhão há muito prometido.

4. CONTAS ESCONDIDAS

As contas consolidadas do nosso Clube estão escondidas dos sócios desde que o Grupo Empresarial foi criado. Nunca houve apresentação dessas contas, apesar de já terem sido pedidas por escrito pelo Leão de Verdade. A sua apresentação foi-nos recusada!

O actual valor do passivo é incerto e os diversos números anunciados são incompreensíveis, tendo em conta os negócios efectuados nos últimos dois anos. A venda do património e a transferência de Nani serviram alegadamente para amortizar passivo, mas este continua em níveis muito superiores ao que seria de esperar face a esses encaixes.

Só após uma auditoria com apresentação de contas consolidadas é que poderemos ter certezas sobre o estado financeiro do Clube. Antes disso, como querem que estudemos a venda de activos para a SAD (Academia e Sporting Comércio e Serviços)? Onde estão as avaliações desses activos?

Por último, muito estranhamos que questões de fundo que estavam previstas para discussão num suposto Congresso tenham sido antecipadas para uma Assembleia Geral preparada de forma tão confusa e opaca. Só podemos concluir que se tratou de receio da Assembleia que irá ser convocada pelas assinaturas dos sócios pelo nosso Movimento. Mas quem não deve, não teme!

5. CHANTAGEM

De novo assistimos a uma chantagem por parte do Clube: ou se aprova o que a direcção quer, ou batem com a porta! Este tipo de postura e forma de chantagear os sócios é inaceitável. Tal como na venda do património não desportivo, esta direcção coloca perante os sócios a necessidade de decidir sobre uma proposta muito complexa, à pressa, e sem elementos que permitam avaliar a decisão.

É preciso que os sócios percebam que:

- Vão PERDER PATRIMÓNIO SUBAVALIADO (ACADEMIA)

- Vão perder a GESTÃO DO FUTEBOL

Vamos passar a ser sócios de um Clube que não tem quase nada?

NÃO!

18 Comentários

» Deixe o seu comentário agora

» RSS feed para comentários neste post
» TrackBack URI

  1. 1

    Bom dia a todos,

    Estive ontem na sessão de esclarecimento promovida pelo presidente.
    Francamente, nunca esperei que fosse ele a sar a cara.

    E…. de certa forma convenceu-me.

    Porque numa situação financeira, que penso que todos reconhecemos como crítica, há que tomar medidas e medidas rápidas.
    Esta solução apresentada, apesar de algumas questões ainda por esclarecer, parece-me viável.

    Porque, e rebatendo alguns dos 5 pontos acima referidos:

    1- Perda de maioria na SAD.
    Ela acontecerá, a acontecer, daqui a 5 anos. Mesmo que seja antes, pergunto: Quem será o alucinado disposto a investir 60Milhões num clube para o destruir?
    Deu muita controvérsia em Inglaterra a compra de clubes por privados (Chelsea primeiro, MU, depois)
    E esses investidores destruiram os clubes?
    Não, tentaram, naturalmente rentabilizar os seus investimentos.
    Termos um clube viável ou “orgulhosamente só” e miserável, opto claramente pela primeira opção.

    2- Passagem da academia para a SAD: É inevitável dentro do PF que é apresentado. É seguramente um património que faz os Bancos aceitarem estas condições.

    3- Perda do Ecletismo
    Novamente a questão: eclético e miserável ou concntrar na actividade principal e aumetarem decisivamente a probabilidade de sucesso? Não podemos ter tudo!

    4 e 5
    Pois, naturalmente queremos contas claras e orgão sociais estáveis.
    Mas será este um motivo para votar não?
    Não creio.

    Pelas razões acima apresentadas, penso que irei amanhã votar favoravelmente às propostas da Direcção.

    Ainda aberto a continuar esta questão em discussão.

    Comentário por António Coelho a 27 de Maio de 2008 @ 9:29

  2. 2

    Bom dia,

    Também eu estive presente ontem na sessão de esclarecimento e impressionou-me a abertura com que FSF respondeu a todas as questões que lhe foram colocadas.

    Sobre estes pontos parece-me o seguinte:

    1. Para mim não é uma questão. Vão perguntar aos sócios do Manchester e do Chelsea se eles se importam que não tenham qualquer palavra na gestão corrente, na venda e compra dos jogadores, na escolha do treinador, etc.

    2. Neste momento o clube não é uma pessoa de bem: tem uma dívida de 72 milhões de euros para com a SAD, nunca pagou um cêntimo que fosse do custo com o leasing de financiamento da Academia e ainda quer ficar com eventuais mais-valias??? Eu pessoalmente gostava que o clube do qual sou sócio fosse uma instituição credível – actualmente não é!

    3. A única fonte de receitas do Sporting é o futebol. Todas as modalidades dão prejuízo. Sem apostar no futebol, será impossível aumentar as receitas, manter e reforçar o equilíbrio operacional que esta direcção já atingiu. Obtendo essas receitas e respeitando o equilíbrio poderá então o clube aumentar o financiamento das modalidades.

    4. Este ponto é válido. Seria importante ter uma noção das contas consolidadas do Universo Sporting, principalmente como estavam em 2005 (quando FSF entrou para a administração) e como estão agora. Pessoalmente eu acredito que o passivo consolidado esteja no nível que FSF diz que está, mas isso sou eu. Sobre a avaliação da academia ela foi feita por uma das pessoas aparentemente mais creditadas em Portugal nesta área, ao que parece sportinguista, cujo nome foi mencionado ontem, mas que não me lembro.

    5. Mentira – o que FSF disse é que se não for aprovado ele não se recandidata. O que mais faltava é que o obrigassem a dirigir o clube de uma forma contrária ao que ele acredita. Não é chantagem. São as únicas condições que esta direcção acha irão permitir salvar o Sporting e reforçá-lo. Se os sócios acharem que há outro caminho que fiquem com a responsabilidade de o criar e percorrer. Cá estaremos para os avaliar se (esperemos que não) for essa a sua vontade.

    Quarta-feira lá estarei para votar sim.

    Saudações Leoninas

    Comentário por LT a 27 de Maio de 2008 @ 9:45

  3. 3

    Pois é caro António Coelho, tb fui a uma sessão de esclarecimento á 2 anos antes da venda do patrimonio e o homem tb me convenceu e hoje estou tão arrependido de ter acreditado nele!!!
    tb me falou q com a venda do património deixavamos de ser obrigados a fazer + valias (vendas de jogadores) de 5 milhões de € por ano ( a mando dos bancos). ontem voltou a dizer o mesmo tendo como base, desta vez, o novo project finance!!! Então em q ficamos!!?? Há 2 anos é q era, mas afinal agora é q é!!????

    Este é só um exemplo…

    VOTO NÃO

    Comentário por pedro_tantum a 27 de Maio de 2008 @ 10:06

  4. 4

    Caro Federico, vou gostar de o ver na AG a falar desta maneira, vou me rir á seria, depois de ouvir ontem o nosso presidente parece-me que nao há duvida do que se deve fazer, deve-se votar SIM e deve-se expulsar de socio o meireles, o amadeu e todos os que só dizem mal do nosso sporting.

    Comentário por agostinho a 27 de Maio de 2008 @ 10:15

  5. 5

    Bom dia a todos,

    Por mim o Ponto 5 - Chantagem seria mais do que suficiente para votar NÃO! Não esclarecem nada! Apenas dizem “ou aprovam o q nós queremos ou vamos embora!”

    Não sou “yes man” de ninguem por isso pela 1ª vez irei a uma assembleia geral do nosso Sporting (sou sócio à 11 anos) para votar Não! O Sporting é muito grande… e alem disso concordo integralmente com as primeiras 4 razões apresentadas.

    Se alguem me provar por A+B que as primeiras 4 razões apresentadas não estão correctas agradeço! E afirmo desde já q a opinião manifestada pelo sportinguista q me antecedeu não me convenceu mesmo nada. Mas obviamente respeito a opinião de todos.

    Confesso que tenho visitado diariamente este site e acompanhado a evolução deste Movimento, e que por vezes não concordo com as opiniões dos mentores deste movimento (Frederico Abreu, entre outros Sportinguistas), mas neste caso estou em perfeita sintonia.

    Saudações Leoninas

    Ricardo

    Comentário por Ricardo a 27 de Maio de 2008 @ 11:01

  6. 6

    E só uma pergunta!

    A Assembleia Geral será amanha na Sala Tejo a que horas?

    Obrigado

    Comentário por Ricardo a 27 de Maio de 2008 @ 11:03

  7. 7

    Eu tb estive na sessão de esclarecimento!

    Eu tb ouvi o presidente a passar a batata quente a Dias da Cunha e Meireles.

    Mas não me convenceu!

    Até me mostrarem as contas todas vou votar não!
    Até me provarem que a academia não pode valer mais «porque o PDM não permite» - o q é uma mentira das grandes - vou votar não!

    Mais uma vez perdemos em negócios que esta malta faz com os amigos do BES.

    À primeira todos caem (património), à segunda só cai quem quer (ou tem memória curta)…

    Comentário por Anónimo a 27 de Maio de 2008 @ 11:43

  8. 8

    Este Agostinho sabe do que fala.
    Vamos expulsar todos os sócios que querem o bem do Sporting!!!

    Mas deixo já um aviso, corram para bem longe deste país quando o clube acabar, porque um por um, vão pagar bem caro.

    Pode ser que seja já na AG.

    Comentário por Anónimo a 27 de Maio de 2008 @ 11:55

  9. 9

    António Coelho,

    1. Toda a gente sabe que o negócio do futebol em Portugal não se pode comparar com o negócio que o é em Inglaterra. As receitas de transmissões televisivas e merchandising são incomparavelmente maiores.

    A pergunta que se coloca é esta: qual a forma de se rentabilizar o investimento na SAD? Vendendo jogadores!

    Imaginemos que hoje a nossa SAD estaria em mãos de «outros». De certeza que se iriam vender imediatamente Moutinho, Veloso e mais outro qualquer que parecesse um bom negócio.

    Porque as vitórias em Portugal e consequentes receitas não batem, nem de perto nem de longe as vendas de jogadores - afinal o mais apetecível em todo este negócio.

    2. Foi afirmado ontem na sessão de esclarecimento que a avaliação da Academia tinha em conta as restrições ACTUAIS do PDM relativamente à construção.

    Acontece que já foi tornado público pelo governo que o mesmo PDM será em breve ALTERADO!
    E aí, quanto pode valer a Academia?
    Quantos milhões ficarão de fora?

    4 e 5. Todo este problema se está a colocar de forma apressada. Senão vejamos: em 5 de Abril em entrevista ao Semanário Económico, Soares Franco afirma que irá fazer a PROPOSTA E DEBATE de passagem da Academia e alienação da maioria do capital do Clube no Congresso (alguém se lembra do que é e para o que serve agora?).

    O que mudou entretanto? Qual a pressa? Porque, de novo, a chantagem?

    Mostrem as contas que estão escondidas e então se tornará tudo mais claro.

    Comentário por Frederico Abreu a 27 de Maio de 2008 @ 12:00

  10. 10

    LT,

    2. O Clube não é pessoa de bem? e a SAD é? Sabe quanto representam os prejuízos acumulados da SAD no total do passivo actual? Mais de 120M€!! O equivalente a um novo estádio!!

    Ninguém fala da incompetência que tem estado por detrás da SAD e que muito contribui para acumular o passivo do Clube.

    Um dia com o resultado de auditoria com contas consolidadas apresentadas, talvez se conheça a verdade.

    Esperemos que esse dia não seja tarde de mais.

    3. Acha que o Clube, ao entregar a gestão da SAD aos accionistas maioritários estará à espera de que esses mesmos accionistas invistam em modalidades amadoras do Clube? Não me parece.
    O que se trata neste ponto é que o Clube fica esvaziado e com o que «menos interessa». Será um passo decisivo, tal como a construção eternamente adiada do pavilhão, para acabar de vez com todas as modalidades.

    4. O problema da avaliação da Academia, é tal como anunciado ontem, o facto de não contemplar as alterações futuras - e já anunciadas pelo Governo - que o PDM será ALTERADO!

    Quanto valerá depois disso? Quem irá lucrar com esse facto?

    5. Não, não é mentira. Disse-o na Bola e emendou a mão no Record.

    Soares Franco candidatou-se dizendo duas coisas:
    1. O Clube iria ter a maioria do capital da SAD - isto sim MENTIRA hoje!
    2. Não propôs alienação - ou passagem, ou trespasse - de património desportivo - como está a propor agora!

    Perante isto, esta direcção está a exorbitar o seu programa eleitoral.

    Comentário por Frederico Abreu a 27 de Maio de 2008 @ 12:15

  11. 11

    Bom dia António !

    Respondendo às suas questões:

    “1- Perda de maioria na SAD.
    Ela acontecerá, a acontecer, daqui a 5 anos. Mesmo que seja antes, pergunto: Quem será o alucinado disposto a investir 60Milhões num clube para o destruir? Deu muita controvérsia em Inglaterra a compra de clubes por privados (Chelsea primeiro, MU, depois) […]”

    A questão é primeiro sobre aquilo que queremos, um clube nosso ou um clube que não nos pertence. Em segundo lugar os exemplos mal sucedidos são mais que muitos. Mesmo no campeonato inglês - veja-se o terrível caso do Liverpool:

    Clicar aqui

    “2- Passagem da academia para a SAD: É inevitável dentro do PF que é apresentado. É seguramente um património que faz os Bancos aceitarem estas condições.”

    E que garantias temos sobre o valor da Academia depois de alterado o PDM ? Mesmo FSF afirmou que se houvesse uma grande valorização, a Academia podia ser vendida. E nessa altura o retorno já não será do Sporting…

    Mas volto ao ponto mais importante:

    Porquê a pressa em aprovar este projecto, que era suposto ser discutido no Congresso, depois do Verão ? É admissível que nos obriguem a decidir sem que nos seja dada a informação mínima ?

    Comentário por João Mineiro a 27 de Maio de 2008 @ 12:41

  12. 12

    Caro LT,

    ia agora responder-lhe, mas o Frederico já disse quase tudo. Queria só acrescentar, relativamente ao número 2:

    2. Neste momento o clube não é uma pessoa de bem: tem uma dívida de 72 milhões de euros para com a SAD, nunca pagou um cêntimo que fosse do custo com o leasing de financiamento da Academia e ainda quer ficar com eventuais mais-valias??? Eu pessoalmente gostava que o clube do qual sou sócio fosse uma instituição credível – actualmente não é!

    Não nos podemos esquecer que essa dívida existe porque, quando a SAD estava tecnicamente falida, o Clube se ofereceu para comprar à SAD os direitos de transmissão televisiva, originando na SAD uma mais-valia “artificial”.

    Ou seja, o argumento válido de que o Clube tem de pagar à SAD, é falacioso quando é invocado desta forma. Foi o Clube que salvou a SAD, e se arrisca agora a ficar totalmente depauperado.

    Comentário por João Mineiro a 27 de Maio de 2008 @ 12:56

  13. 13

    Eu quero-vos é ver todos amanha a dizerem estas coisas aos socios e corpos dirigentes…..mas algume tem alguma duvida que esta proposta passa em AG com enorme margem?

    Comentário por agostinho a 27 de Maio de 2008 @ 14:14

  14. 14

    Estás a tremer que acabe o tacho não é?

    É bom que tenhas e muito! Ele pode acabar mais depressa do que imaginas…

    Comentário por ANTI SAD a 27 de Maio de 2008 @ 14:29

  15. 15

    boas tardes,
    gostaria de deixar a minha opiniao,respeitando todas as outras diferentes da minha.
    nao estive presente na secçao de esclarecimento,por uma razao simples,estes senhores já me enganaram duas vezes,estes já nao me enganam mais.
    começei por ser enganado por roquette que prometeu mundos e fundos(ver o que ele pensava e foi escrito no prefácio do livro de ouro so SCP,editado pelo DN.
    depois foi FSF a enganar-me com esta historia de vender o patrimonio nao desportivo para ficar com o passivo nos 150M£,afinal vendeu mas o passivo está nos 240M£.

    sobre os pontos em discusao,gostaria de dizer o seguinte:

    1-perda de maioria na sad
    lembro-me ainda de ter a maioria na sad ser um ponto de honrra deste projecto,é perigoso e devemos ter cautelas em relaçao a este assunto.

    2-passagem da academia para a sad
    claro que o pdm vai ser alterado e o valor da academia vai disparar.
    perante isto esta nao é seguramente a melhor altura para se fazer esta passagem.

    3-perda do ecletismo
    muito me intriga a falta de posiçao do PROF.Moniz Pereira em relação a este assunto,pelo seu passado podia e devia ser mais defensor das modalidades.
    mas qual aposta no futebol?mas alguem acredita que mesmo com este PF aprovado vamos passar a comprar maradonas???
    a questao das modalidades é uma questao de cultura, e estes senhores nao têm essa cultura e ponto final.
    depois desculpam-se com os patrocinios?trabalhem para os arranjar,nao permitem que grandes Sportinguistas como o Joao Lagos patrocine modalidades do SLB.
    trabalhem para os arranjar que eles aparecem.

    4-contas escondidas
    claro que é necessário uma auditoria as contas.
    alias ela devia ser a Direcçao a promove-la.

    5-chantagem
    vou votar NAO
    o Congresso sim ,seria um bom local para discutir estas questoes e nao numa AG marcada á pressa.

    SL

    Comentário por lagarto a 27 de Maio de 2008 @ 14:49

  16. 16

    Pois parece-me que ainda tenho que colocar aqui mais qualquer coisa acerca do que, penso, estará em causa na votação de amanhã.
    Entendo que quando se escreve a história do clube, e quando se fala de património, se refere aos sucessos desportivos. O património imobiliário vale apenas como meio e não como um fim em si mesmo.
    Creio que a situação financeira é aflitiva e como tal é necessário encontrar medidas de curtíssimo prazo que permitam ao clube agir desportivamente de forma adequada. Ou seja, poder comprar alguns jogadores que melhorem a equipa 08/09.
    Esperar, seria o ideal.
    Mas será possível?
    Quanto à venda de jogadores: claro que não precisamos de ter uma SAD em que o SCP não tenha a maioria para que ela aconteça. Sempre se venderam jogadores e isto terá que continuar, qq que seja a estrutura accionista da SAD. E em qq clube, português ou não, isto acontece.
    Finalmente, quanto à valorização dos terrenos da academia: Estou de acordo que eles se irão valorizar, e muito. Excelente para a SAD! poderá fazer aqui um bom encaixe, amortizar ainda mais o passivo e gerar uma nova academia em qq outro sítio.
    Como referi, estou-me nas tintas para o valor patrimonial imobilário do clube (desde que naturalmente ele não seja objecto de jogadas menos claras!)
    E porque continua a pensar que a situação é aflitiva e não temos tempo a perder, continuo a convicto que o SIM é o voto correcto para a AG de amanhã.
    E cá continuarei presente, para, e espero bem que não, fazer a minha autocrítica no caso de isto dar asneira.

    Comentário por António Coelho a 27 de Maio de 2008 @ 15:22

  17. 17

    “E cá continuarei presente, para, e espero bem que não, fazer a minha autocrítica no caso de isto dar asneira.”

    O grande problema é que se isto der asneira pode significar o FIM do Sporting Clube de Portugal. Com dividas e sem património… qual é a fórmula mágica para se manter vivo?

    Comentário por Ricardo a 27 de Maio de 2008 @ 15:34

  18. 18

    Parece-me que é desta que os sócios vão acabar com o regabofe. FSF vai ver a proposta chumbada, o clube vai ter um ano (último desta tropa) difícil, mas depois renova-se a esperança numa nova vida.

    FSF nunca mais.

    Comentário por Anónimo a 27 de Maio de 2008 @ 19:12


Deixe um Comentário

  1. XHTML: Pode usar estas expressões: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>